quarta-feira, 21 de maio de 2014

Poesia - Poema de inverno


Brancas flores nascem,
Entre as folhas.
Pratas rios refletem,
Minha imagem.
Verdes folhas descem,
O penhasco.

Vermelho sangue pinga,
De uma rosa.
Amarelos Lírios cantam,
Sonhos de inverno.
Marrons os troncos velhos,
Sobrevivem.

Azul céu que flui,
Uma vida.
Cinzas são as Lótus,
Que viram o dia.
Clara como a noite,
Tão fria.