quinta-feira, 8 de maio de 2014

Poesia - Rosas despedaçadas







Hoje no caminho, vi rosas vermelhas despedaçadas, ao chão.
Mil possibilidades passaram por minha mente,
Nenhuma correta provavelmente.

Vieram em minha mente,
Senti em meu coração,
Chorei por dentro por sentimentos que não me pertencem,
Sei que chorei em vão.

Perguntei-me então,
Quantos sonhos foram perdidos, dentre o próprio coração?
Quantos pensamentos foram afetados por sentimentos como a dor, ou, a solidão?